Corte Químico: O que Fazer? – 6 Dicas de Como Recuperar os Fios!

Você já ouviu falar sobre corte químico ou está passando por esse processo? Para quem é adepta das mudanças capilares, o corte químico é um termo mais conhecido, mas que ninguém quer passar, afinal é sinal de que o cabelo está precisando de uma ajuda com urgência.

Se você ainda não conhece o termo ou descobriu o que é o corte químico com os primeiros sinais que o cabelo tem dado, é hora de descobrir tudo sobre esse dano que pode atingir as madeixas e ver dicas para recuperar os fios e deixá-los saudáveis novamente.

o que é e dicas

 

Sobre o Corte Químico

O que é?

O temido nome corte químico causa pânico em qualquer mulher, afinal é um processo onde o cabelo quebra em diferentes alturas após um procedimento químico realizado nas madeixas, ou seja, é um corte irregular causado pela quebra que atinge os fios após um processo químico.

o que é

Os fios ficam com aspecto de danificados

Esse temido corte acontece devido a uma desestruturação que a fibra capilar sofre, e assim os fios ficam extremamente danificados e fragilizados, o que faz com que as madeixas quebram de forma irregular e caiam.

 

Quais as Causas?

Como já citamos acima, o corte químico é um processo de quebra e queda do cabelo causado por um procedimento químico feito nas madeixas; mas antes de entrar em pânico e evitar qualquer procedimento, é preciso entender o que de fato causa essa quebra do cabelo.

  • Incompatibilidade de Químicas: um erro comum e que pode causar a quebra capilar é a incompatibilidade de processos químicos e suas formulações. Para quem já realizou um processo químico (alisamento, tintura, descoloração, etc) é preciso ficar atenta na realização de um processo seguido, pois muitas vezes os produtos usados são compostos por ingredientes incompatíveis entre si, e a sequência desses processos pode acumular esses produtos incompatíveis nos fios e fazer com que as madeixas fiquem extremamente fragilizadas e resultem na quebra dos fios.
  • Erro de Aplicação: o corte químico também pode ter sua causa explicada pelo erro de aplicação do produto químico nos fios, seja pelo excesso de tempo de ação do produtos nas madeixas, na mistura errada de proporções, entre outros fatores. Sendo assim, é indispensável ler as orientações do fabricante sobre o uso do produto e seguir a risca as indicações.
  • Cabelo Fragilizado: nem sempre um processo químico é o principal causador da quebra capilar. O cabelo já danificado e que recebe o processo químico pode ficar ainda mais fragilizado e assim quebrar. Desse modo, a causa para a quebra já dava sinais antes do procedimento, já que os fios já estavam fragilizados.
  • Excesso de Processos Químicos: a quebra capilar também pode ter causa devido ao acúmulo de químicas na estrutura capilar, uma vez que o uso frequente de químicas nos fios vai deixando as madeixas mais sensíveis, e assim o cabelo pode vir a sofrer com o corte químico.

como evitar

Quais os Sinais de Corte Químico? #Sintomas

Para quem tem notado sinais de enfraquecimento dos fios e quebra das madeixas, e suspeita de que está passando por um corte químico, reunimos os principais sinais que os fios podem apresentar durante esse processo.

  • Cabelo bastante fragilizado e com aspecto de áspero;
  • Fios quebrando com muita facilidade, como se estivessem desmanchando;
  • Fios com aspecto elástico e sensação de ásperos;
  • Pontas com aspecto bastante ressecadas e com pontinhas brancas, além de fios com pontas múltiplas (duplas, triplas, quádruplas);
  • Queda em grande quantidade após o enxágue de um procedimento químico.
sinais

O cabelo fica com aspecto de áspero

Como Evitar o Corte Químico?

O corte químico pode ser resultado de uma série de ações que deixam os fios fragilizados e que causam a quebra das madeixas, e para evitar esse tipo de problema a primeira dica é fazer procedimentos químicos apenas em profissionais com experiência, já que cada processo tem sua particularidade e assim o profissional pode evitar que o cabelo sofra qualquer dano por conta do procedimento.

Outra dica para evitar esse dano no cabelo é fazer o teste da mecha antes de realizar qualquer procedimento químico nos fios.

O teste da mecha nada mais é que testar o procedimento que será realizado no cabelo em apenas uma mecha, assim essa mecha teste pode indicar o resultado do procedimento nos fios e dar sinais de que o cabelo está liberado ou não para a realização do procedimento.

 

Cuidados Após Corte Químico

O que Fazer?

Depois de identificar o corte químico nos fios, bate aquela dúvida do que fazer para recuperar as madeixas e evitar danos maiores.

Infelizmente não dá para voltar atrás e evitar a quebra, e a partir desse momento é preciso pensar em meios que ajudem a recuperar os fios danificados. E algumas das possibilidades são:

  • Corte: após sofrer com a quebra irregular dos fios, o primeiro procedimento a ser feito é cortar as madeixas para igualar o comprimento e tirar as pontas danificadas pela quebra. Mesmo que diminuir o comprimento não esteja nos planos, essa é uma ação necessária para devolver aspecto menos danificado aos fios.

O corte tira as pontas mais fragilizadas

  • Tratamento Profundo: o cabelo que passou pela quebra está profundamente fragilizado e por isso é mais que necessário investir em tratamentos e hidratações mais profundas para fortalecer a fibra do cabelo, tirando o aspecto elástico, emborrachado e ressecado, e devolver aos fios aspecto mais sedoso e saudável.
antes e depois

O cabelo pede tratamentos de hidratação e recuperação

  • Ajuda Profissional: em casos mais severos onde os fios ficaram totalmente danificados e queda do cabelo está a partir da raiz dos fios, é preciso procurar por ajuda profissional, como dermatologistas, que podem analisar com mais exatidão, indicando tratamentos específicos e até medicações para fortalecer os fios e incentivar o crescimento mais rápido do cabelo.

fotos de antes e depois

O que Não Fazer?

Passar pela quebra e queda do cabelo causado pelo corte químico é algo sério e pede cuidados redobrados após esses danos.

Entre os cuidados a serem tomados, algumas das medidas são evitar determinadas ações, como:

  • Uso de Fontes Quentes no Cabelo: o cabelo com quebra já está bastante fragilizado e por isso é importante dar uma pausa e evitar o uso de fontes de temperatura nos fios, como secador, chapinha, babyliss, entre outros. As altas temperaturas nos fios podem ressecar ainda mais os cabelos que já estão bastante danificados e intensificar os danos do corte químico.
o que evitar

As fontes quentes podem danificar ainda mais os fios

  • Novos Procedimentos Químicos: a realização de processos químicos nos fios deve ter pausa imediata após os primeiros sinais de quebra causada por corte químico, isso porque novos procedimentos podem maltratar mais os fios já danificados e causar danos ainda maiores. Então, nada de realizar novos procedimentos enquanto o cabelo ainda está fragilizado.
o que não fazer

Evite novos procedimentos químicos, como tintura

Como Tratar: Dicas para Recuperar o Cabelo

O processo de corte químico é um terror para qualquer mulher, e para quem já sofreu com o dano não adianta mais chorar, afinal os fios já estão danificados e agora é o momento de recuperá-los.

Para o tratamento e recuperação do cabelo, reunimos dicas de procedimentos que podem fazer parte da rotina de cuidados capilares para reestruturar as madeixas e devolver o aspecto saudável dos fios.

 

Hidratação

O cabelo que passou pelo dano da quebra está dando indícios de que está totalmente fragilizado e por isso precisa de hidratações frequentes para auxiliar na recuperação.

Para incluir esse tipo de cuidado na rotina com os fios, vale incorporar um cronograma capilar para tratamento das madeixas.

O cronograma capilar envolve etapas como hidratação, nutrição e reconstrução, e assim é uma maneira mais intensa de recuperar a estrutura capilar e deixar os fios mais fortalecidos e saudáveis.

como tratar

A hidratação ajuda a recuperar a fibra capilar dos fios

Glicopan Pet

Para quem busca por dicas de tratamentos caseiros intensos para recuperação das madeixas que sofreram com corte químico, um ótimo aliado é Glicopan Pet.

O produto com concentração de vitaminas e aminoácidos age mais profundamente nos fios e ajuda no fortalecimento, recuperação de fios fragilizados, devolve a elasticidade natural, age como uma hidratação profunda e dá mais vitalidade ao cabelo.

tratamento caseiro

Umectação

Na rotina de cuidados com os fios danificados, um excelente procedimento é a umectação, que envolve um tratamento a base de óleos vegetais para a hidratação mais profunda das madeixas, devolvendo brilho e vitalidade aos fios fragilizados.

Entre as receitas caseiras que funcionam e são bastante efetivas na recuperação das madeixas danificadas, a hidratação com azeite é uma ótima aposta.

dica caseira

A umectação trata e devolve brilho ao cabelo

 

Agora que você já sabe sobre esse dano nos fios, é hora de cuidar das madeixas e tomar cuidado com o excesso de processos químicos.

 


Veja Mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *