Calvície Feminina: Causas, Dicas Para Disfarçar e Tratamentos!

O cabelo tem um grande valor estético para as mulheres e cair alguns fios por dia é normal, mas quando a queda passa a ser acentuada pode ficar o alerta de calvície feminina, um problema que, de acordo com a Sociedade Brasileira do Cabelo, atinge 5% da população feminina.

Para quem achava que o problema de queda capilar, que deixa o couro cabeludo aparente, era uma preocupação apenas dos homens, engana-se. Ainda que atinja em menor proporção, as mulheres também podem enfrentar a calvície.

A calvície feminina pode estar relacionada a diversos fatores, e se descoberta em fase inicial, há tratamentos para reverter essa queda acentuada das madeixas.

Então, se você tem dúvidas sobre a queda de cabelo excessiva e está em busca de mais informações, é só ler o post, que responde a todas as perguntas sobre calvície feminina.

dicas

 

Sobre a Calvície Feminina:

Principais Causas

A calvície feminina ou alopécia, como também é chamada, é um efeito de queda excessiva dos fios, provocando a aparência cada vez mais exposta do couro cabeludo e chegando a ter falhas notáveis na raiz das madeixas.

Essa queda de cabelo excessiva não se restringe a um único fator, pelo contrário, existem causas variadas que podem ser a base do problema. Sendo assim, elencamos as principais causas da calvície feminina:

 

  • Genética

A calvície feminina com causa baseada em fatores genéticos é denominada como alopécia androgênica, ou androgenética.

Neste caso, a causa da queda excessiva de cabelos está na herança genética, que pode vir do pai ou da mãe.

Os primeiros sinais da alopécia androgenética começa a aparecer com a variação de hormônios após a puberdade, e de maneira progressiva se desenvolve até ter seu ápice na fase da menopausa.

Para quem tem casos de calvície na família, seja feminina ou masculina, fica o alerta para o início de uma queda excessiva de cabelo.

 

  • Alterações Hormonais

O organismo tem todo o seu funcionamento baseado em variados hormônios, e alterações nesses podem ser a causa da calvície feminina.

O distúrbio nos níveis hormonais pode estar relacionado a uma produção excessiva de um hormônio em detrimento a outro, ou até mesmo a uma queda brusca na produção de determinado hormônio, e isso pode resultar na queda capilar.

Entre os fatores comuns que podem ocasionar a variação de hormônios e consequentemente a queda de cabelo estão problemas com tireoide, síndrome do ovário policístico, período pós parto, doenças autoimunes, entre outros.

 

  • Estresse e Depressão

Os fatores emocionais, como estresse e depressão, também podem refletir na queda acentuada dos fios e consequentemente em uma calvície feminina.

No caso do estresse, a queda capilar recebe o nome de eflúvio telógeno, onde é possível notar um aumento considerável na queda diária do cabelo.

Em ambos os casos, estresse e depressão, o que acontece é a variação na produção de hormônios e consequentemente essa alteração na queda de cabelo.

 

  • Alimentação

Cuidar da alimentação é um ponto importantíssimo para regular o organismo, e com a falta de nutrientes suficientes o resultado pode ser a queda dos fios.

Um dos fatores comuns que pode ser o início da calvície feminina é uma anemia, que diminui os níveis de ferro no sangue.

Outro fator alimentar, está relacionado a baixa ingestão de alimentos ricos em vitaminas e minerais, que são essenciais para estimular o nascimento, crescimento e até mesmo a fixação dos fios no bulbo capilar.

 

  • Fatores Externos

A queda de cabelo e o desenvolvimento da calvície nas mulheres nem sempre está relacionada apenas a distúrbios no organismo, mas também pode estar relacionada a fatores exógenos.

Entre os fatores externos que podem causar a calvície nas mulheres estão o uso excessivo de calor nos fios (secador, chapinha); excesso ou erro em procedimentos químicos (alisamento, tintura, etc); inflamação no couro cabeludo; ou até mesmo o fato de prender o cabelo com muita rigidez e constantemente.

 

Como Identificar a Calvície?

A queda de cabelo é algo comum e não é motivo de causar preocupações imediatas, até mesmo porque nós mulheres perdemos, em média, 120 fios de cabelo; que depois nascem novamente.

No entanto, se o cabelo começar a cair acima do normal ou começar a aparecer falhas no couro cabeludo, é hora de ficar em alerta.

Então, a dica é sempre estar atenta aos sinais do próprio corpo. Se notou uma queda incomum a algum tempo ou se falhas já começam a aparecer no couro cabeludo, está na hora de procurar por um médico, que vai pedir exames específicos para diagnosticar a causa do problema.

como identificar

As falhas no couro cabeludo são indicativos da alopecia

Calvície Tem Cura?

Na maioria dos casos a calvície tem cura sim!

O ideal é que o problema seja diagnosticado logo no início, assim pode dar início ao tratamento correto, que pode fazer com que cesse a queda.

Nos casos de grau mais altos e graves, o problema pode não ter uma cura definitiva, mas o tratamento contínuo pode levar à interrupção da queda e até estimular o crescimento de novos fios.

 

Dicas para Disfarçar a Calvície

Se você já teve uma queda demasiada de cabelo, e procura maneiras de disfarçar as falhas capilares causadas pela calvície feminina, há vários truques que podem te ajudar nesse processo e ainda aumentar a autoestima.

 

  • Perucas e Apliques

Para quem quer técnicas temporárias de disfarce para a calvície, as perucas como full lace e lace front ,são opções perfeitas para disfarçar a calvície até mesmo em graus mais elevados, já que existem as versões que cobrem toda a cabeça (full lace).

No caso de falhas menos evidentes, mas sensação de fios mais ralos, vale a ideia de apostar no aplique, que é uma técnica temporária e que ajuda a dar mais volume aos fios.

como disfarçar

A imagem mostra dois tipos de perucas

  • Micropigmentação Capilar

Uma técnica bastante atual para disfarçar as falhas capilares causadas pela alopécia é a micropigmentação capilar, que funciona como uma tatuagem no couro cabeludo, onde os desenhos lembram cabelos nascendo através dos folículos capilares.

Essa micropigmentação do couro cabeludo disfarça falhas e dá aparência de novos fios nascendo, o que dá a ilusão de ótica de que há mais volume de cabelo no couro cabeludo.

micropigmentação capilar feminina

As fotos mostram preenchimento com micropigmentação capilar

  • Maquiagem Capilar

Se a ideia é escolher um método simples e mais barato para disfarçar a calvície feminina, vale investir em produtos que ajudam a disfarçar as falhas capilares.

Esses produtos podem ser encontrados em pasta, spray ou pó, e lembram maquiagens, onde o uso é temporário.

Esse tipo de produto tem a vantagem de ser aplicado no couro cabeludo, e pode ser escolhido de acordo com sua cor de cabelo, de modo a disfarçar pequenas falhas e dar ideia de um couro cabeludo mais preenchido.

maquiagem cabelo

O pozinho na raiz dá impressão de mais volume no couro cabeludo

  • Transplante Capilar

Essa é uma técnica com resultado bem natural, onde são retirados fios de uma área com mais cabelo e transplantado para os locais de falhas causadas pela calvície feminina.

O transplante capilar dá um resultado bem natural e é uma ótima opção para quer busca um disfarce definitivo para a alopécia. No entanto, o ponto negativo fica para o custo, já que ainda é uma cirurgia cara (custa por volta de R$ 7000,00).

transplante capilar feminino

Remédios Indicados e Remédios Caseiros

O tratamento via oral com prescrição de remédios pode ser feito através de duas possibilidades, suplementos nutricionais e bloqueadores enzimáticos.

  • Suplementos Nutricionais: neste caso, a indicação costuma ser para calvícies que tem como causa a carência nutricional. A indicação vai ser baseada de acordo com as vitaminas e minerais que estão em falta no organismo. Neste caso, é comum que as fórmulas sejam compostas por sais mineiras, vitamina B, ferro, zinco, queratina e outras substâncias necessárias ao organismo.
  • Bloqueadores Enzimáticos: o tratamento com remédios desse tipo vão reagir no organismo impedindo a transformação de hormônios em outros processos, impedindo a queda capilar. Neste caso, o acompanhamento médico é indispensável, para não haver novos distúrbios hormonais.

 

E para quem quer apostar em tratamentos mais naturais, pode escolher por remédios caseiros para o tratamento da calvície feminina.

Para ajudar, vamos a algumas receitinhas caseiras.

 

Chá de Jaborandi

Ingredientes:

  • Folhas de jaborandi
  • Água

 

Modo de Preparo:

  • Pique as folhas de jaborandi bem picadinhas;
  • Coloque água para ferver;
  • Depois que a água ferver, desligue e acrescente as folhas de jaborandi picadas;
  • Feche a panela e deixe as folhas em imersão na água quente por 7 minutos;
  • Peneire o chá.

 

Como Usar:

O chá de jaborandi não é de uso oral, pelo contrário, com o chá já pronto, molhe um algodão no líquido e vá aplicando o algodão com chá no couro cabeludo.

Deixe o couro cabeludo secar naturalmente e repita o processo 1 vez por semana.

 

Babosa

O uso da babosa no cabelo traz muitos benefícios e um deles é o fortalecimento dos fios e combate a queda capilar.

 

Ingredientes:

  • Gel da folha de babosa

 

Modo de Preparo:

  • Extraia o gel de uma ou mais folhas de babosa;
  • Mexa bem o gel para torná-lo um pouco menos gelatinoso e facilitar a aplicação.

 

Como Usar:

Com a ponta dos dedos pegue uma quantidade do gel de babosa e vá aplicando na raiz do cabelo.

Vá massageando o couro cabeludo em movimentos circulares.

Depois de aplicar a babosa em todo o couro cabeludo, deixe-a agir por 15 minutos e em seguida lave o cabelo como de costume.

 

Caso não note diminuição na queda de cabelo através das receitas caseiras, não exite em procurar por um médico para cessar o problema o quanto antes.

Como Tratar a Calvície Feminina

O tratamento para calvície vai depender do diagnóstico e da causa da queda capilar, mas há várias possibilidades:

  • Via Oral: o tratamento via oral é baseado no combate ao problema através do uso de medicamentos, que podem ser apenas suplementos vitamínicos ou bloqueadores enzimáticos, que vão interferir na produção hormonal.
  • Estimulação Elétrica: essa opção é uma tecnologia que utiliza de laser de baixa potência, que introduz medicamentos via couro cabeludo e estimula o crescimento dos fios, sem a necessidade da medicação oral.

tratamento capilar

  • Cosméticos: em alguns casos, é indicado o uso de cosméticos para combater a queda capilar. O produto, geralmente, aplicado sobre o couro cabeludo costuma ser indicado em casos em que a queda capilar está relacionada a problemas externos, como caspas.
  • Injetável: alguns tratamentos são feitos a partir da aplicação injetável no couro cabeludo. Nesse processo podem ser injetados bloqueadores enzimáticos ,vitaminas, e peptídeos, que ajudam a cessar a queda dos fios e estimulam o crescimento de novos fios.

tratamento

E se você já leu o post e ligou o alerta sobre esse problema que pode atingir as mulheres, é hora de marcar um médico para dar o diagnóstico e indicar o tratamento mais adequado.


Veja Mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *